Notícias

Conheça as vantagens da orientação legal do Sindi Clube

28/01/2019

Clubes têm excelente custo-benefício com a consultoria jurídica da entidade nas áreas administrativa, estatutária, financeira, contábil e trabalhista

As vantagens de um clube se associar ao Sindi Clube são indiscutíveis. Notadamente na área legal, segundo o consultor jurídico Valter Piccino, que trabalha na entidade há 29 anos e atende, a cada ano, cerca de 2 mil consultas. “Se um clube precisa fazer uma consulta simples a um advogado, tem de pagar o preço da tabela da OAB: R$ 2.043,00 a cada atendimento. A agremiação associada ao Sindi Clube faz quantas consultas quiser, sobre as áreas que tiver dificuldades ou dúvidas, e não paga nada por isso. O custo-benefício da contribuição ao Sindi Clube é muito vantajoso”, defende Piccino.

Além de uma consulta personalizada – que pode ser feita por telefone, email, on-line ou pessoalmente (marcando horário) – o clube associado acaba tendo economia de custos, pois recebe a orientação de uma consultoria jurídica exclusiva nas áreas administrativa, estatutária, financeira, contábil e trabalhista. “Padronizamos vários procedimentos e o Sindi Clube não deixa de atender nenhuma consulta de nossos associados”, diz.

O consultor jurídico do Sindi Clube, que é formado em Direito, Administração de Empresas e Ciências Contábeis, tem expertise técnica para atender desde consultas confidenciais de dirigentes até, juntamente com sua equipe, dúvidas sobre aplicação do estatuto, eleições, convenções coletivas de trabalho, negociação de débitos em atraso, reforma trabalhista e diversos outros temas mais específicos do clube.

Além do atendimento diferenciado, os associados recebem também, durante o ano inteiro, informações e orientações atualizadas sobre mudanças na legislação e encaminhamento de práticas administrativas de acordo com as leis que regem a atividade clubística, por meio do Sindi Clube Online, newsletter enviada por email para os principais dirigentes dos clubes associados  e por mensagens postadas nas mídias sociais da entidade. Além disso, as agremiações associadas também encontram informações diversas no Portal do Sindi Clube. E, no início de cada mês, recebem um calendário mensal com todas as datas das principais obrigações fiscais dos clubes, que também é divulgado em todas essas mídias.

Outra vantagem para os associados é poder participar sem custos dos eventos que o Sindi Clube realiza nas principais cidades do Interior, como os Encontros com dirigentes, que contam com palestras de especialistas, para se atualizarem sobre as questões legais. “Em 2018, realizamos palestras em 12 cidades sobre as convenções coletivas de trabalho e explicamos cláusula a cláusula aos dirigentes e gestores de clubes que foram em busca de informação”, lembra Piccino.

Além de encontros presenciais, a área jurídica do Sindi Clube promove também, toda quarta-feira, sessões online para manter os associados atualizados sobre a legislação. “Acompanhamos diariamente as mudanças de leis e medidas provisórias por meio de várias publicações especializadas e recebemos informações diretamente do governo. Com isso, sempre selecionamos as principais para comentar e esclarecer as dúvidas sobre a sua aplicação”, afirma.

Piccino faz, no entanto, um alerta: “Clube não associado não tem direito a toda essa gama de prestação de serviços oferecida pelo Sindi Clube”. Ele lembra que, como o Sindi Clube é a única entidade reconhecida pelo Ministério do Trabalho para representar os clubes esportivos, recreativos, sociais e culturais sediados no Estado de São Paulo, alguns clubes que não se associam ao Sindi Clube “estão cometendo um grande equívoco”.

TODAS AS NOTÍCIAS