Loading

Confira todas as notícias

Implantação do eSocial deve envolver todas as áreas

 

O principal recado dado na palestra sobre o eSocial promovida pela USC (Universidade Sindi-Clube), ontem (19), é de que a implantação do novo sistema não é de responsabilidade de um único setor do clube.

 

“É um assunto que tem um grande impacto nas rotinas de gestão de pessoal que, normalmente, são administradas pelo setor de Recursos Humanos. Porém, para que o clube faça o que a legislação está esperando, o RH precisará ter informações vindas de outras áreas”, disse o expositor Leonardo Albuquerque, advogado, consultor das áreas de Direito do Trabalho e Previdenciário e diretor da empresa Propay.

 

Albuquerque falou para um auditório lotado por gestores de clubes. O palestrante recomendou a criação de um comitê integrado por lideranças das áreas de RH, tecnologia, jurídica-fiscal, esporte e de medicina e segurança, para acompanhar o processo de implantação do eSocial, que será obrigatório em 1º de janeiro para os empregadores com faturamento no ano de 2016 acima de R$ 78 milhões, e 1º de julho de 2018 para os demais.

Voltar

© Sindi Clube - Todos os Direitos Reservados