Loading

Confira todas as notícias

Conheça os vencedores do Prêmio Nacional de Literatura Dos Clubes

 

O júri do Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes escolheu 18 obras entre as 170 inscritas e indicou os vencedores do concurso deste ano, que teve como participantes associados de 46 clubes de 26 cidades do país. Foram distinguidos três primeiros colocados nas modalidades de poesia, crônica e conto, e mais nove menções honrosas (veja quadro dos vencedores abaixo).

O Prêmio de Literatura é realizado em parceria com a Fenaclubes (Confederação Nacional dos Clubes) e com a Academia Paulista de Letras (APL), que se encarrega de analisar os trabalhos inscritos.

Depois de examinar os textos, a comissão julgadora indicada pela APL, composta pelos acadêmicos Anna Maria Martins e José Fernando Mafra Carbonieri, e por Joaquim Maria Botelho, da União Brasileira de Escritores, destacou em seu parecer que “neste ano tivemos especial dificuldade para a escolha dos vencedores, graças ao elevado número de boas participações”.

O presidente do Sindi Clube, Paulo Movizzo, agradeceu a participação dos associados de clubes. “Com apoio da Fenaclubes, recebemos obras de escritores de agremiações de todo o país. A participação da APL na análise dos textos é fundamental para assegurar ao concurso critérios técnicos de avaliação. Os participantes fizeram deste prêmio literário um sucesso pela qualidade dos seus trabalhos e estão de parabéns. A atividade cultural, assim como o esporte, é uma manifestação muito forte nos clubes e merece o nosso incentivo”, diz Movizzo.

A festa de entrega dos prêmios será realizada em 26 de novembro, às 19h30, no Club Athletico Paulistano. Os primeiros colocados de cada categoria literária receberão prêmios de R$ 1.500,00, R$ 1.000,00 e R$ 500,00.

 

Vencedores do Prêmio Nacional de Literatura dos Clubes

Poesia, crônica e conto

Poesia

1º lugar: Luciano Martins Costa (Club Athletico Paulistano, São Paulo-SP), com “Pegadas”.

2º lugar: Celso Antônio Lopes da Silva (Esporte Clube Banespa, São Paulo-SP), “Um dia substantivo”.

3º lugar: Magnos Castanheira (Clube Esperia, São Paulo-SP), “Culinária caipira”.

Menções honrosas: Fernanda Ribeiro de Almeida (Minas Tênis Clubes, Belo Horizonte-MG), “Ave mulheres”; Terezinha Bertazzi Costa (Círculo Militar de Campinas, Campinas-SP), “Fernão de Magalhães”, Álvaro Santi (Grêmio Náutico União, Porto Alegre-RS), “Manguezal”.

Crônica

1º lugar: Carlos Augusto de Assis, (Clube Esportivo Helvetia, São Paulo-SP), com “Por quem os sinos dobram”.

2º lugar: Mauro Francisco (Clube Indaiá, Dourados-MS), “Uma beleza estereotipada”.

3º lugar: Silvia Cachone (Caiçara Clube de Jaú, Jaú-SP), “A revisão”.

Menções honrosas: Ivana Maria França de Negri (Clube de Campo de Piracicaba, Piracicaba-SP), “Metamorfose”; Thais de Castro da Silva (Círculo Militar de Campinas, Campinas-SP), “Consolação”; Marcio Luiz Marques (Círculo Militar de São Paulo, São Paulo-SP), “A ansiedade no bolso”.

Conto

1º lugar: Giselda Penteado Di Guglielmo (Club Athletico Paulistano, São Paulo-SP), com “Carta ao poeta”.

2º lugar: Maria Lucia Perrone (Club Athletico Paulistano, São Paulo-SP), “Doce de laranja amarga e um vidro de perfume”.

3º lugar: Maria Christina Bahbouth (Club Athletico Paulistano, São Paulo-SP), “Se fosse possível explicar”.

Menções honrosas: Antônio Augusto Maioli (Avenida Tênis Clube, Santa Maria-RS), “O Lobisomem do angico”; Heloisa de Queiroz Martins (Club Athletico Paulistano, São Paulo-SP), “Agora está tudo bem amarrado”; Roland Fischmann (Associação Brasileira A Hebraica, São Paulo-SP), “Derradeiras palavras”.

Voltar

© Sindi Clube - Todos os Direitos Reservados